quarta-feira, 27 de maio de 2009

Caindo do salto



Se tem uma coisa que adoro são sapatos. E se tem uma coisa que eu detesto é usar os meus sapatos para andar nas calçadas da minha cidade, Feira de Santana. O simples ato de andar em Feira pode ser mais perigoso do que se imagina. Mesmo usando sapatilhas baixas corre-se o risco de parar no hospital. Por aqui é impossível andar nas calçadas sem se deparar com buracos, lama, irregularidades no piso. Além de todos esses problemas os pedestres ainda têm que enfrentar o trânsito nas calçadas. Isso mesmo! Os carros tomaram conta das calçadas.
Não apenas em nome da elegância, mas também em nome da beleza, harmonia, organização e especialmente, da saúde (má conservação das calçadas em Feira é responsável por quedas, fraturas, sequelas por toda a vida) o poder público, os donos de casas comerciais e residenciais e até mesmo os engenheiros e arquitetos (muitos esquecem de projetar a calçada) deveriam cuidar melhor dos passeios. Do jeito que está não tem paciência que resista, nem sapato que aguente.

Mas para quem não quer perder a elegância nem esperar que cuidem melhor das calçadas a solução pode esta na invenção de duas mulheres: Becca e Monica (só mesmo as mulheres para entender esse problema). Familiarizadas com os perigos de usar saltos altos e cansadas de arruinar seus calcanhares elas decidiram tomar as medidas necessárias para acabar com os problemas e criaram um acessório para o salto do sapato. Esse que você vê na foto. Discreto e fácil de usar, o SoleMates se adequa facilmente aos saltos e promete aumentar a superfície sobre a base do calcanhar, reduzir a pressão sobre esta área e impedir o calcanhar de afundar na grama ou cair em fissuras. Não sei se tem no Brasil, mas já é meio caminho andado...

2 comentários:

Lélia Maria disse...

sem contarque a basedo salto geralmente fica entre as frestas dascalçadas, já tive que mandar os meus várias vezes pra o conserto.

Rose disse...

Lelinha, os sapateiros que ficam na praça em frente a Prefeitura agradecem :) Meu bolso, não. Sou cliente fiel. Toda semana levo uma sandália. Já fiquei com o salto preso várias vezes...